Quando falamos em Cannabis e perda de peso, você pode ficar confuso, afinal, é comum associarmos a Cannabis ao aumento de apetite. 

Mas, você sabia que a cannabis medicinal pode ser uma importante aliada no controle do peso? Vamos explicar melhor neste post. De alguns anos para cá, o combate ao sobrepeso vem ganhando novos aliados, e os derivados canabinoides ganham destaque pelo seu potencial na regulação do apetite e do metabolismo energético.

Obesidade pode ser considerada um problema de saúde pública. Mais da metade da população brasileira (53%) está acima do peso ou obesa. É o que mostra uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Como sabemos, muitas doenças estão associadas à obesidade, sobretudo diabetes, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares. Por isso é tão importante encontrar aliados a uma dieta balanceada e à prática regular de exercícios físicos.

Continue a leitura para entender como a Cannabis medicinal pode auxiliar no combate à obesidade.

 

Cannabis medicinal como aliada no combate à obesidade

Os canabinoides apresentam efeitos fisiológicos distintos em suas interações com o Sistema Endocanabinoide. A estrutura bioquímica e o contexto metabólico de cada paciente influenciam nessas interações. 

Mas, sabemos que o THC caracteristicamente estimula o apetite. Não à toa, formulações predominantes em THC constituem um importante adjuvante terapêutico em quadros clínicos que desencadeiam inapetência, a exemplo de pacientes com câncer ou portadores de HIV.

Estudos mostram, que o CBD, ao contrário, tende a inibir o apetite, e consequentemente, reduzir o peso e combater a obesidade.  

 

CBD e regulação do apetite

O CBD se relaciona com a perda de peso das seguintes maneiras:

 

1. Auxiliando na atividade mitocondrial e no controle metabólico

As mitocôndrias são organelas responsáveis por converter gorduras e açúcares em energia para as células, estimulando a atividade metabólica. Se as mitocôndrias não estão funcionando bem, o organismo terá dificuldades em transformar a energia consumida através da alimentação em subprodutos que o corpo possa utilizar. Isso gera um acúmulo de gordura e açúcar no sangue, e consequentemente, ao aumento de peso.

Estudos científicos apontam que o CBD interage com o Sistema Endocanabinoide para aumentar o número de células mitocondriais e estimular a atividade dessas organelas, desempenhando um papel modulador chave na função mitocondrial, favorecendo o equilíbrio metabólico do organismo e, auxiliando no combate à obesidade. 

 

2. Normalizando os níveis de insulina para ativar a queima de gordura

Sabemos que níveis elevados de gorduras e açúcares no sangue podem desencadear uma série de patologias, como diabetes, doenças cardiovasculares e complicações hepáticas. Sabemos também, que dietas ricas em açúcar aumentam os níveis de insulina no sangue.  A função da insulina é justamente transportar esse açúcar para as células, convertendo-o em energia.

Porém, quando os níveis de insulina estão altos, o organismo não consegue mais queimar gordura de forma apropriada.  Isso porque as células que antes eram sensíveis à insulina, absorvendo a glicose trazida por ela, acabam se tornando resistentes a esse hormônio. Essa disfunção metabólica estabelece um ciclo em que a resistência à insulina leva ao armazenamento de mais energia no organismo e promove, por exemplo,  o aumento de gordura abdominal.

É nesse cenário que o CBD aparece como potencial aliado, ajudando a estabilizar os níveis de insulina no sangue e favorecendo o processo de queima de gordura. Como exemplifica esse estudo que envolveu cerca de 4.700 pacientes em jejum nos quais o uso do CBD foi capaz de reduzir em 17% os níveis de insulina na corrente sanguínea. 

 

3. Inibindo o apetite para reduzir a ingestão de calorias

Controlar o apetite é essencial para evitar o sobrepeso. O CBD também é atuante nesse contexto, funcionando como um potencial inibidor do apetite. Mas, você provavelmente já deve ter ouvido falar o contrário: que a Cannabis aumenta a vontade de comer. Não é o caso das formulações predominantes em CBD.

Os produtos à base de Cannabis responsáveis por estimular o apetite são aqueles cujo fitocanabinoide predominante é o THC, que inclusive é bastante utilizado para fins medicinais por esse atributo e por muitas outras propriedades terapêuticas.

Um estudo publicado em 2012 avaliou ainda os efeitos do canabinol (CBN) em comparação com o canabidiol (CBD) nos padrões de alimentação em ratos e evidenciou resultados contrários entre esses dois fitocanabinoides: enquanto o CBN estimulou a ingestão alimentar e o ganho de peso corporal, o CBD ajudou a inibir o consumo alimentar e o ganho de peso.

A chave para uma prescrição segura e assertiva quando se trata de Cannabis medicinal e regulação do apetite está em conhecer o perfil do produto que você prescreve e o contexto metabólico de cada paciente. Além disso, reforçamos que a alimentação balanceada e a prática regular de exercícios físicos continuam sendo os aliados mais importantes no controle à obesidade.

 

Se você deseja incorporar medicamentos à base de Cannabis em seu arsenal terapêutico com segurança e eficácia, entre em contato conosco e acesse novas possibilidades na Medicina!

 

 


Referências

Bielawiec P, Harasim-Symbor E, Chabowski A. Phytocannabinoids: Useful Drugs for the Treatment of Obesity? Special Focus on Cannabidiol. Front Endocrinol (Lausanne). 2020.

Farrimond JA, Whalley BJ, Williams CM. Cannabinol and cannabidiol exert opposing effects on rat feeding patterns. Psychopharmacology (Berl). 2012.

Parray HA, Yun JW. Cannabidiol promotes browning in 3T3-L1 adipocytes. Mol Cell Biochem. 2016.

Penner EA, Buettner H, Mittleman MA. The impact of marijuana use on glucose, insulin, and insulin resistance among US adults. Am J Med. 2013.

Ryan D, Drysdale AJ, Lafourcade C, Pertwee RG, Platt B. Cannabidiol targets mitochondria to regulate intracellular Ca2+ levels. J Neurosci. 2009.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Mantenha-se Conectado

Artigos

Educacional

Siga nossas redes sociais e fique atualizado!

CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM MEDICINA ENDOCANABINOIDE
INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A ÚLTIMA TURMA DE 2021
INÍCIO DAS AULAS EM 23 DE OUTUBRO
Overlay Image
CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM MEDICINA ENDOCANABINOIDE
INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A ÚLTIMA TURMA DE 2021
INÍCIO DAS AULAS EM 23 DE OUTUBRO
Overlay Image
pt_BRBR